PIB de Maringá tem alta de 80,6% em seis anos

Fernando Garcel


Em 6 anos, o PIB (Produto Interno Bruto) de Maringá, cresceu 80,6%, a terceira maior alta entre as 10 maiores economias do Estado, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia) e Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social).

De acordo com o levantamento, em 2010, o PIB de Maringá – soma de todas as riquezas produzidas – somou R$ 8,5 bilhões e em 2015 saltou para R$ 15,4 bilhões. O município tem o quarto maior PIB do Paraná e em 2010 possuía o quinto. No período, o maiores crescimentos foram de Foz do Iguaçu, de 92,1%, e Cascavel, com 90,4%. No ranking nacional, conforme o IBGE, passou da 58ª posição em 2014 para a 55ª em 2015.

CapturarO diretor de Economia do Codem (Conselho de Desenvolvimento de Economia de Maringá), José Carlos Tonin, analisa que Foz do Iguaçu e Cascavel tiveram crescimentos maiores por terem valores absolutos do PIB menores. Sobre Maringá, segundo Tonin, a alta de 80,6% é reflexo do planejamento econômico no período. “O setor de serviços vem crescendo ao longo dos anos, principalmente saúde e educação”, afirmou o economista.

Interior

De acordo com o Ipardes, os municípios do interior tiveram, em 2015, participação recorde de 60,7% na formação do PIB do Paraná. No ano anterior, a fatia foi de 60% e, em 2010, de 55,3%. A região metropolitana de Curitiba ficou com 39,3%.

Segundo diretor-presidente do Ipardes, Júlio Suzuki Júnior, a diversificação produtiva e a industrialização da produção agropecuária têm funcionado como propulsores dos municípios do interior. “Muito também se deve à migração de investimentos para o Interior, atraídos pelo programa de incentivos Paraná Competitivo, que favoreceu principalmente estes municípios”, comentou.

Os dados mostram também que houve um crescimento da participação dos municípios com menos de 100 mil habitantes na economia do Estado. Em 2010, eles representavam 35,4% do PIB paranaense. Em 2015, chegou a 38,1%

Previous ArticleNext Article