Polícia investiga pouso forçado de helicóptero que transportava quase R$ 500 mil

Redação

helicóptero paraná

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) abriu inquérito policial para investigar o pouso forçado de um helicóptero que transportava quase R$ 500 mil em São João do Caiuá, na região noroeste do Estado, na tarde desta quinta-feira (9).

Os policiais que atenderam a ocorrência encontraram uma mala com R$ 429.965,00 próximo ao local do pouso. O piloto, de 48 anos, não teve ferimentos e foi preso. Ele foi escoltado por cerca de 40 quilômetros até a Delegacia de Alto Paraná, onde prestou depoimento.

Contudo, a Polícia Civil afirma que o piloto não soube explicar a origem e nem o destino do dinheiro. O homem foi liberado, mas o dinheiro ficou apreendido e fica à disposição da Justiça.

Dinheiro que estava no helicóptero foi apreendido pela polícia. (Divulgação/Polícia Civil)

SITE DIZ QUE DINHEIRO SAIU DE SÃO PAULO

O Portal da Cidade, de Paranavaí, obteve informações que a aeronave teve uma pane no motor. Por isso, o piloto foi forçado a fazer uma manobra de pouso forçado.

Além disso, o site revelou que a Polícia Militar, que fez o primeiro atendimento à ocorrência, afirma que o piloto revelou que o helicóptero teria saído de São Paulo e fez uma parada em Londrina. O destino final seria Marilena, também no noroeste do Paraná.

“A vítima relatou que tinha saído da cidade de São Paulo, com uma parada em Londrina/PR, e seguiria para Marilena/ PR. Durante buscas no local do acidente, as equipes localizaram uma mala de cor azul [com dinheiro] escondida no mato próximo ao helicóptero”, disse a Polícia Militar ao site.

Previous ArticleNext Article