Polícia Ambiental resgata pinguim-de-magalhães na Ilha do Mel

BandNews FM Curitiba e Redação

pinguim-resgatado.jpg

Um pinguim-de-magalhães foi resgatado por policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb-FV), na comunidade de Nova Brasília, na Ilha do Mel.

A ação aconteceu na tarde de sábado (20). O tenente Alfredo Werner, do Batalhão de Polícia Ambiental, conta que os militares foram chamados, pois turistas estavam tentando capturar o pinguim para tirar fotos. “A PM foi acionada por turistas da região que encontraram o pinguim. Fizemos o isolamento da área e entramos em contato com técnicos do Centro de Estudos do Mar da Universidade Federal do Paraná, que tem qualificação para fazer o resgate do animal.” contou o policial.

O pinguim foi encaminhado ao Centro de Estudos do Mar (CEM), da Universidade Federal do Paraná, em Pontal do Sul. De acordo com o Donyan Greipel, assistente de comunicação do Projeto de Monitoramento de Praias/ Bacia de Santos do CEM, o animal está na unidade de tratamento intensivo e bastante debilitado. “Por ser um animal juvenil, nesta viagem costeira possivelmente ele não conseguiu se alimentar direito, e por isso tem um quadro de inanição. Ele está em tratamento intensivo, já que a temperatura corporal não foi estabilizada. Nosso médicos veterinários estão cuidando do pinguim para que ele possa ser reintegrado a natureza o mais breve possível.” contou o assistente.

A costa paranaense é trajeto de migração dos pinguins. Durante o inverno, estes animais que vivem nas costas da Argentina, Chile e Ilhas Malvinas, chegam ao litoral brasileiro. Segundos os pesquisadores do Centro de Estudos do Mar, este foi o primeiro pinguim de 2019 no Paraná.

Caso alguém registre a presença de mamíferos, tartarugas e aves marinhas encalhados no Paraná, deve informar o Centro de Estudos do Mar pelo telefone 0800-642-3341.

Previous ArticleNext Article
Avatar
em 20 minutos tudo pode mudar