Polícia apreende cartazes de protesto contra a tocha olímpica no Paraná

Andreza Rossini


Cartazes com frases contrárias à passagem da tocha olímpica foram apreendidos pela Polícia Militar (PM), em Londrina, no norte do Paraná, na noite de terça-feira (28). De acordo com o vídeo publicado pela página “Black Block Londrina”, os materiais com as frases “Fora Temer” e “Tocha de Sangue” deveriam ser retirados pelos manifestantes na delegacia da cidade.

O caso aconteceu na avenida Higienópolis, no centro da cidade. O protesto começou no Centro Cívico e acompanhou o percurso do fogo olímpico até a apreensão dos materiais, que deveriam ser retirados no 4ª Distrito Policial. Questionados, os policiais militares não responderam sobre o direito de liberdade de expressão.

O Paraná Portal entrou em contato com a Polícia Militar, que não se pronunciou até o momento de publicação desta reportagem.

Foto: Black Block Londrina
Foto: Black Block Londrina

Além da apreensão, a cidade também teve protesto contra a morte da onça Juma, na passagem da tocha por Manaus. Manifestantes usaram cobertas e itens que lembram o animal para acompanhar a passagem da tocha.

Na quarta-feira (29) uma mulher foi presa em Maringá por tentar apagar a chama da tocha. 

“Contra Temer e contra o golpe”, manifestante tenta apagar tocha olímpica com extintor

Trajeto

O fogo olímpico chegou ao Paraná na terça-feira (28). A primeira parada foi em Londrina, Norte do Estado. Nesta quarta-feira (29), a tocha segue para Arapongas, Maringá e Campo Mourão, antes de passar a noite em Cascavel.

Na quinta-feira (30), a comitiva do revezamento percorre Matelândia, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu até chegar em Foz do Iguaçu. Em 2 de julho, o percurso é retomado e cruza os municípios de Céu Azul, Santa Tereza do Oeste, Realeza, Francisco Beltrão e Pato Branco, para mais um pernoite.

Em 14 de julho, depois de passar pelo Rio Grande do Sul e Santa Catarina, a tocha volta ao Paraná, entrando por São José dos Pinhais. No mesmo dia, segue para Curitiba, para a festa de celebração que se repetirá em todas as cidades de pernoite. Nos dias 15 e 16, é a vez dos municípios de Fazenda Rio Grande, Araucária, Campo Largo, Ponta Grossa (pernoite) e Castro.

Previous ArticleNext Article