Polícia Civil apreende centena de aves usadas em rinha, em Campo Largo

Redação


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) descobriu uma chácara utilizada para rinhas de galo em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. Cerca de 100 aves utilizadas na prática ilegal foram encontradas no local, segundo a polícia.

Além dos animais, alguns em péssimas condições de saúde e outros já mortos, os policiais também encontraram uma série de acessórios usados na prática ilegal e cercados montados para a rinha.

As aves estavam abrigadas dentro de gaiolas pequenas, alguns com o corpo machucado e outros mortos. Foto: Divulgação/PCPR

“Recebemos a informação dessa situação de rinha de galos em Campo Largo, viemos ao local e a suspeita se confirmou. Encontramos cerca de 100 animais, alguns mortos, uma situação extremamente precária”, disse o delegado Matheus Laiola, que comanda a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente do Paraná.

A Polícia Civil no estado conta com o auxílio de duas organizações não governamentais (ONG’s) para o resgate de todas as aves. O responsável pela chácara será autuado por maus-tratos e responderá pelo crime em liberdade.

Previous ArticleNext Article