Polícia Civil investiga caso de criança que enroscou pescoço em balanço de creche no PR

Andreza Rossini


A Polícia Civil investiga o acidente da menina de apenas quatro anos, que ficou em estado grave após enroscar o pescoço no balanço que brincava, no Centro de Educação Infantil (CMEI) João XXIII, em Cafelândia, no oeste do Paraná.

A diretora da instituição e as professoras que estavam na creche no dia do acidente devem prestar depoimento nesta quarta-feira (22). O acidente aconteceu na última sexta-feira (17), mas a polícia só teve acesso ao caso na segunda (20). O Conselho Tutelar também investiga o caso e funcionários prestaram depoimento aos policiais.

A menina foi levada inconsciente ao Hospital Universitário de Cascavel, no oeste do Paraná, onde permanece internada. As investigações devem apontar se houve negligência ou descuido dos servidores e o brinquedo vai passar por perícia.

O caso

O CMEI informou que uma professora e uma monitora cuidavam de aproximadamente 18 crianças quando a menina teria ficado presa na estrutura do brinquedo. Quando as professoras perceberam que ela não estava com colegas, ela teria sido encontrada e retirada às pressas do balanço. O socorro médico foi acionado no mesmo instante, de acordo com o centro educacional. Ela foi encaminhada com urgência ao Hospital Universitário de Cascavel e internada na UTI pediátrica.

Previous ArticleNext Article