Polícia Civil prende suspeitos de comprar móveis com documentos falsos

Redação

policia-civil-prisao

Um homem de 44 anos e uma mulher de 25 anos, suspeitos de realizar compras em uma loja de móveis de Curitiba utilizando documentos falsos, foram presos na tarde de quarta-feira (10) pela PCPR (Polícia Civil do Paraná).

As prisões, em flagrante, ocorreram no bairro Ipê, em São José dos Pinhais, na região metropolitana da capital. Os dois suspeitos presos têm inúmeros antecedentes criminais por crimes contra o patrimônio.

No momento da abordagem, uma adolescente de 16 anos foi apreendida durante a ação. Outras duas pessoas ainda não identificadas conseguiram fugir. Uma delas, segundo a polícia, chegou a pular o muro de uma escola, onde jogou um tablete com um quilo de cocaína.

Dupla foi denunciada por dono de loja

Os policiais chegaram os suspeitos após denúncia do proprietário da loja. A dupla, segundo a corporação, tinha realizado uma compra no valor de R$ 10 mil no local e o prejuízo poderia ter chegado a R$ 100 mil.

A PCPR teve que usar dois caminhões para carregar todos os móveis comprados de forma fraudulenta. Havia sofás, mesas, cadeiras e até uma cozinha planejada.

policia-civil-apreensao
Foto: Polícia Civil do Paraná

Os policias também apreenderam celulares, aproximadamente um quilo de cocaína, porções de crack e documentos falsos.

A dupla foi autuada por tráficos de drogas, estelionato e uso de documentos falsos.

Seis prisões semelhantes foram feitas em um mês, segundo PCPR

Em menos de um mês, seis pessoas foram presas por esquemas semelhantes de fraudes em compras de móveis em Curitiba. A PCPR segue com a investigação com o objetivo de descobrir se elas fazem parte do mesmo grupo criminoso.

Previous ArticleNext Article