Academia da Polícia Militar esconde surto de covid-19 e tenta silenciar alunos sobre doença

Redação

polícia militar paraná academia covid

Com idades entre 18 e 40 anos, 25 alunos da Academia Militar do Guatupê, localizado em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, contraíram a covid-19. A informação foi divulgada pelo Intercept nesta sexta-feira (12) após ouvir relatos de cadetes que estão no espaço usado para formar agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Paraná.

Segundo a publicação, um dos oficiais em treinamento constatou que estava com tosse, febre, dor de garganta e náuseas no início de novembro. Ele relatou que estava com suspeita de ter sido infectado com o coronavírus, mas foi reintegrado à turma com cerca de 120 alunos. Mesmo diante do cenário crítico da pandemia, os cadetes ficam aglomerados nos espaços.

O Intercept aponta que a PM não expõe o surto e não adota protocolos para evitar a transmissão do vírus, além de tentar silenciar qualquer manifestação dos cadetes sobre a covid. Além disso, informa que o MP-PR (Ministério Público do Paraná) investiga o caso de forma sigilosa.

Os relatos divulgados apontam que oficiais pressionam os alunos a não reportarem sintomas sob risco de perseguição interna. A justificativa é que desconfiam que os policiais querem usar a covid para “fugir do serviço”.

O coronel Hudson Leôncio Teixeira, que ocupa o cargo de comandante-geral da PM desde fevereiro deste ano, é citado como uma das figuras que exercem a pressão.

MINISTRO DE BOLSONARO VISITOU ACADEMIA MILITAR E POLICIAIS ESCONDERAM COVID

polícia militar paraná academia covid
Fachada da Academia do Guatupê. (Divulgação/APMG)

Segundo as informações, a Vigilância Sanitária vistoriou a Academia Militar do Guatupê antes da visita do ministro André Mendonça, que substituiu Sergio Moro no comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Conforme os relatos, os alunos com covid-19 foram escondidos em um bloco afastado para garantir que não fossem vistos. Além disso, medidas de prevenção foram tomadas exclusivamente no dia da fiscalização.

Clique aqui e leia a reportagem na íntegra.

O Paraná Portal procurou a Polícia Militar do Paraná para comentar as informações divulgadas, mas não obteve retorno até a publicação da matéria.

Conforme o último boletim, o Estado acumula 740.955 casos e 13.053 mortes por coronavírus.

Previous ArticleNext Article