Polícia investiga explosão com quatro feridos em estande de tiro

CBN Curitiba

Polícia investiga explosão com quatro feridos em estande de tiro

A Delegacia de Armas e Munições (Deam), da Polícia Civil, está investigando uma explosão em um estande de tiro, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), que terminou com quatro pessoas feridas na tarde deste sábado (19). No momento do acidente, cinco pessoas treinavam no local, duas delas são policiais militares, que orientavam empresários taiwaneses.

Os PMs seriam uma cabo, de 56 anos, e um sargento da reserva, de 57 anos. Ambos foram encaminhados em estado grave ao Hospital Evangélico Mackenzie. As outras duas vítimas são dois homens, de 27 e 30 anos, quem também necessitaram de internamento.

O boletim médico aponta que a cabo teve 75% do corpo queimado e o sargento 50%. Eles sofreram lesões graves nas vias aéreas. Os hospitais não foram autorizados a atualizar o quadro de saúde dos empresários.

Uma das linhas de investigação é que a explosão pode ter sido causada pelo excesso de pólvora. As circunstâncias estão sendo apuradas pela Polícia Civil.

O estabelecimento, que não possuía alvará da Delegacia de Armas e Munições, estava autorizado pela Prefeitura de Pinhais a atuar na intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, comércio de armas e munição e fabricação de artefatos para pesca e esporte.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771033" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]