Polícia mira organização criminosa que fraudava carteiras de identidade

Redação


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) deflagrou, nesta sexta-feira (10), a Operação Vicetich, que investiga uma organização criminosa que fazia carteiras de identidade falsas para foragidos da Justiça e para o cometimento de crimes de estelionato. Foram expedidos oito mandados de busca e apreensão no município de Cascavel, na região oeste.

Na primeira fase da operação, em dezembro de 2018, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência e no posto de identificação onde trabalhava um servidor público municipal em Rancho Alegre D´Oeste e em um escritório de contabilidade em Maringá.

Na ocasião foram apreendidos computadores, celulares e documentos. Segundo a polícia, o servidor prevalecia-se do fato de trabalhar no atendimento do posto para confecção de carteiras de identidade e inseria dados falsos no sistema para contribuir com criminosos.

De acordo com as investigações, o posto de atendimento em que o funcionário municipal trabalhava teria confeccionado 168 Registros Gerais (RGs) falsos.

A segunda fase da operação foi deflagrada em abril deste ano,  a qual resultou no cumprimento de um mandado de busca e apreensão e prisão do servidor municipal de Rancho Alegre do Oeste, responsável pelas falsificações, bem como, o cumprimento de quatro mandados de prisão e busca e apreensão no município de Maringá contra indivíduos beneficiados pelos documentos falsos e que criaram empresas fraudulentas para praticar golpes contra o Instituto Nacional do Seguro Social.

Na terceira frase da operação, deflagrada 20 dias após a segunda, foram cumpridos seis mandados judiciais, sendo três de prisão e três de busca e apreensão, nas cidades de Cascavel e Toledo, contra outros indivíduos beneficiados com os RGs falsos, que aplicavam golpes contra bancos, financeiras, concessionárias de veículos e terceiros.

A operação foi batizada como “Vucetich”, em alusão ao argentino nascido na Croácia, Juan Vucetich, que desenvolveu e colocou pela primeira vez em prática um sistema eficaz de identificação de pessoas mediante suas impressões digitais.

Previous ArticleNext Article