Polícia prende suspeito acusado de tentar matar irmão para ficar com herança

Redação


A Polícia Civil de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, prendeu um homem, de 42 anos, suspeito de tentar matar o próprio irmão, de 29 anos, em fevereiro. De acordo com a investigação, a motivação do crime seria uma herança deixada pelo pai que o suspeito não queria que fosse dividida com a vítima.

Segundo a polícia, a vítima recebeu três tiros no abdome e costela em fevereiro deste ano na Estrada Barra Santa Rita, em Campo Magro, após uma conversa com o irmão. Ele foi encaminhado ao hospital e sobreviveu. O suspeito fugiu e era considerado foragido. De acordo com a investigação, mesmo após o atentado, ele continuou a ameaçar o irmão mais novo.

“A vítima estava em sua casa com um colega e duas meninas, quando o suspeito chegou na frente da residência, chamou pela vítima, onde desferiu pelo menos cinco tiros contra a vida do irmão. Uma das testemunhas que estava no local, levou a vítima ao hospital, que sobreviveu ao atentado”, explica o delegado-titular da Delegacia de Almirante Tamandaré, Tito Lívio Barichello.

Segundo Barichello, a polícia não levantou o valor da herança que teria motivado o crime.

O mandado de prisão temporária foi cumprido na residência do suspeito em Almirante Tamandaré. Ainda de acordo com a polícia, no local, os agentes encontraram a arma de fogo utilizada no crime, sendo ainda que a arma pode ter sido utilizada em outro homicídio que está em investigação na mesma delegacia. O homem está sob custódia e aguarda à disposição da Justiça. Ele poderá responder por homicídio qualificado e porte ilegal de arma.

Previous ArticleNext Article