Polícia prende suspeito de integrar grupo neonazista

Fernando Garcel


A Polícia Civil do Paraná prendeu, na manhã desta sexta-feira (15), um homem, de 23 anos, suspeito de fazer apologia ao nazismo em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais.

Na casa do alvo, os policiais encontraram uma arma de fogo de calibre 38, além de diversos objetos com a cruz suástica, porretes, soco inglês, fotos e adesivos de Adolf Hitler e até uma caneca com a imagem do líder do Partido Nazista.

Segundo a polícia, o jovem fazia publicações sarcásticas e de teor neonazista em suas redes sociais. O mandado de busca e apreensão ocorre em um trabalho da Polícia Civil do Paraná de combate a crimes de discriminação racial.

Ao ser questionado sobre os objetos que faziam alusão ao nazismo, o suspeito disse que já integrou um grupo neonazista, porém já havia saído há alguns anos.

“Nós identificamos um rapaz que participaria de grupos de defesa ao nazismo. Esse jovem, através de redes sociais, divulgava questões sobre nazismo, mostrava objetos a esse tipo de ideologia e pensamento. Hoje, ao cumprir a busca, encontramos vários instrumentos e objetos que solidificam essa situação que comprova que ele participava de um grupo neonazista”, diz o delegado Nagib Nassif Palma.

Foto: Divulgação / PCPR

Previous ArticleNext Article