Policial é investigado por golpe do combustível na corporação; Prejuízo passa de R$ 55 mil

Redação


Um policial, investigador da Polícia Civil do Paraná, é suspeito de usar de forma indevida o cartão corporativo destinado para o abastecimento de combustível nas viaturas oficiais da corporação.

Na manhã desta quinta-feira (14), a PCPR cumpriu mandados de busca e apreensão nos endereços relacionados ao investigador, em Fazenda Rio Grande.

Durante as buscas foram encontradas 120 gramas de maconha e o servidor foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Os policiais também estiveram em um posto de combustíveis do município e foi apurado que o suspeito pedia pra encher o tanque de viatura, mas abastecia em quantidade inferior. Seria devolvida a ele a diferença em dinheiro.

Calcula-se um prejuízo de aproximadamente R$ 55 mil aos cofres públicos através da prática.

O servidor está sendo investigado por crime de peculato. Se comprovada a participação de funcionários do posto na prática criminosa, estes poderão ser indiciados pelo mesmo crime.

 

Previous ArticleNext Article