Suspeitos de matar youtuber prestam depoimento e contam que beberam

Mariana Ohde

Com Metro Curitiba

Responsáveis pela morte da youtuber Isabelly Santos, de 14 anos, em ocorrência de trânsito no litoral do Paraná na última semana, os empresários Everton e Cleverson Vargas confessaram ontem (21) à polícia que consumiram cerveja antes do incidente.

“Pouca coisa, bebi com os familiares, minha esposa, meu sobrinho e minha cunhada”, disse Everton, que negou estar embriagado. Foi ele quem deu o tiro que acertou a adolescente.

Ambos prestaram novo depoimento na véspera da reconstituição do crime, marcada para hoje (22). Eles repetiram a versão que já haviam dado: que voltavam para casa no balneário de Canoas, em Pontal do Paraná, quando o carro em que Isabelly estava cruzou o caminho deles enquanto dava um “cavalo-de-pau”.


Em seguida, segundo os irmãos, o carro retornou na direção deles, o que levou Everton a “entrar em pânico”, imaginando que se tratasse de um assalto, e atirar.

Everton afirmou que não chegou a sair do carro: deixou o filho no colo da esposa, que também estava no banco de trás, tirou o braço para fora da janela do automóvel e disparou várias vezes.

O crime ocorreu na madrugada do dia 14 de fevereiro, entre os balneários de Ipanema e Praia de Leste, em Pontal do Paraná, no litoral do estado. Os suspeitos foram presos no dia seguinte e permanecem detidos preventivamente na delegacia de Matinhos.

A defesa de Cleverson e Everton Vargas afirmou que deve esperar a realização da reprodução simulada para uma definição sobre o pedido de habeas corpus.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook