Boletim de balneabilidade aponta pontos impróprios para banho no Paraná; confira

Redação


O boletim de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira (1°), pelo IAT (Instituto Água e Terra) aponta pontos impróprios para banho em Antonina e Morretes, no Paraná. O monitoramento da qualidade das águas nas praias do Litoral e da Costa Oeste e Costa Norte do Estado será feito até 12 de fevereiro.

As águas são monitoradas pelo instituto no período de maior fluxo de veranistas para avaliar a concentração de bactérias Escherichia coli (E.coli), presentes em esgoto sanitário clandestino e fezes humanas e de animais de sangue quente.

Somente Ponta da Pita, em Antonina, e o Rio do Nunes, próximo à Ponte PR-340, em Morretes, continuam impróprios para banho. Isso quer dizer que em suas águas, foram encontradas um alto nível da bactéria. Todos os outros pontos do Estado mantêm a qualidade da água.

Segundo o IAT, quanto maior a quantidade da bactéria na água, maior a possibilidade da existência de agentes patogênicos que podem colocar em risco a saúde dos banhistas. As doenças mais comuns são: gastroenterite, diarreia, doenças de pele e infecções nos olhos, ouvidos e garganta. Outras mais graves também podem ser transmitidas por meio da água: como hepatite A, cólera e febre tifoide.

Confira na íntegra o boletim de balneabilidade divulgado nesta sexta-feira (1°):

Previous ArticleNext Article