Porto de Paranaguá deixa três navios em quarentena após casos de Covid-19

O Porto de Paranaguá colocou três navios e suas respectivas tripulações em quarentena devido a casos confirmados de Covi..

Redação - 30 de julho de 2021, 18:55

 Foto: Rodrigo Félix Leal/AEN
Foto: Rodrigo Félix Leal/AEN

O Porto de Paranaguá colocou três navios e suas respectivas tripulações em quarentena devido a casos confirmados de Covid-19 nessas embarcações.

Segundo a Portos do Paraná, a orientação para colocar os navios em quarentena partiu da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A primeira embarcação a chegar no Porto de Paranguá foi o Navio MV Astakos (bandeira maltesa) com uma carga de fertilizantes, no último dia 25. A tripulação está em quarentena desde o dia 26 e irá cumprir o isolamento por mais dez dias.

Já no dia 29 de julho, outras duas embarcações registraram casos de Covid-19 ao atacarem no Porto de Paranaguá. O primeiro é o navio Meghna Princess (Bangladesh), que carregava soja desde o dia 27, enquanto o Redhead (Antígua e Barbuda) transportava açúcar desde o dia 25.

A Portos do Paraná ainda apontou que não houve suspeita de registro da Covid-19 no momento em que as embarcações atracaram no Porto de Paranaguá e que o único navio que permaneceu um período atracado foi Meghna Princess, justamente para a retirada dos tripulantes contaminados.

Todos esses tripulantes estão sendo monitorados pela Anvisa e pelas agências marítimas.

Por fim, a Portos do Paraná reitera que tem seguido todas as medidas preventivas no acesso à faixa primária, como barreiras sanitárias e exigência do uso de máscara.

LEIA MAIS: Curitiba vacina nascidos no primeiro semestre de 1986 neste sábado (31)