Prefeito, secretários e chefe de gabinete de Contenda são afastados em CPI da Câmara Municipal

Ana Flavia Silva - BandNews FM Curitiba


O prefeito de Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba, foi afastado do cargo após denúncias de irregularidades na administração do município. A decisão partiu da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de Contenda, que também afastou três secretários e o chefe de gabinete da prefeitura nesta quarta-feira (17).

De acordo com a denúncia, há suspeita de nepotismo, fraude na contratação de um barracão, utilização de espaço público para realização de atividades particulares e ameaça a um vereador.

Foram afastados das funções, por 60 dias, o prefeito Antônio Adamir Digner, conhecido como Mostarda (PSL), a primeira-dama e secretária de Promoção e Assistência Social Angela Digner, a secretária de Finanças Simone Polak, o secretário de Governo Emanoel de Souza, e o chefe de gabinete Abrilino Fernandes Gomes.

O afastamento é feito para que as investigações sejam aprofundadas. No fim dos 60 dias, a CPI apresenta um relatório propondo o afastamento definitivo ou não dos investigados. Até o fim deste prazo, o vice-prefeito Carpejani assume a prefeitura de Contenda.

Em nota, o prefeito lamentou a decisão e disse que não existe qualquer irregularidade na contratação de seus funcionários. Ele afirmou que a contratação do espaço foi feita com dispensa de licitação, conforme manda a lei, e que o caso de um servidor ter utilizado o gabinete para transmissão esportiva durante o horário de expediente “foi um fato isolado, que não causou prejuízo ao erário público”.

As informações são da BandNews FM.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="804388" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]