Prefeito de Tijucas do Sul é inocentado de acusação de improbidade administrativa

José Altair Moreira teria sido um dos responsáveis por suposta fraude em uma licitação de transporte escolar, no valor de R$ 427 mil.

Redação - 02 de agosto de 2022, 12:37

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O prefeito de Tijucas do Sul, José Altair Moreira (Progressistas), foi inocentado da acusação de improbidade administrativa. A decisão da Justiça Federal do Paraná ocorreu na semana passada.

Altair teria sido um dos responsáveis por suposta fraude em uma licitação de transporte escolar, no valor de R$ 427.541,04. A conclusão, no entanto, foi que não houve má-fe e não foi comprovado nenhum prejuízo.

“A decisão proferida pela 3ª Vara Federal de Curitiba reparou grave injustiça a qual o Prefeito de Tijucas do Sul e o Secretário de Administração vinham sendo acusados desde 2015. Tanto o Ministério Público Federal como o Fundo Nacional de Educação reconheceram, ao final do processo, a inexistência de qualquer prejuízo ao erário na contratação do transporte escolar”, afirmou Clóvis Alberto Bertolini, advogado do prefeito.

PREFEITO DE TIJUCAS DO SUL FOI DENUNCIADO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ

Em 2015, o prefeito de Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, José Altair Moreira (Progressistas), foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Além dele, outros funcionários da prefeitura da cidade foram acusados de suposta fraude em licitação na contratação de transporte intermunicipal de alunos com deficiência para a Escola Ilza Santos, em São José dos Pinhais.

Os réus foram inocentados pela 3ª Vara Federal de Curitiba. José Altair Moreira foi prefeito de Tijucas do Sul entre 2009 e 2016 e eleito novamente em 2020.