Prefeito e secretário de Quatro Barras têm bens bloqueados

Roger Pereira


A pedido da 2ª Promotoria de Justiça de Campina Grande do Sul, a Vara da Fazenda Pública da Comarca determinou, em caráter liminar, a indisponibilidade dos bens do prefeito, Loreno Bernardo Tolardo, e do secretário municipal de Ordem Pública, Frederico Bernardi, de Quatro Barras, município da Região Metropolitana de Curitiba que integra a comarca. Eles foram requeridos em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Paraná por designar servidores da prefeitura para atender interesses particulares do gestor municipal, o que configura enriquecimento ilícito e dano ao erário, de acordo com a Promotoria.

Na ação civil pública, o MP-PR aponta que, por determinação dos réus, pelo menos oito servidores públicos municipais realizaram a segurança privada da residência do prefeito, entre março de 2012 e janeiro de 2015. Em decorrência dos fatos, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 1.763.921,28 dos requeridos, para garantir o ressarcimento integral do dano, em caso de condenação ao final do processo.

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal