Prefeito, mãe, servidores e empresários têm bens bloqueados em Antonina

Fernando Garcel


O prefeito de Antonina, José Paulo Vieira Azim, conhecido como Zé Paulo (PSB), a mãe, servidores e dois empresários tiveram bens bloqueados pela Justiça em valores que variam de R$ 40 a R$ 341 mil. Todos são réus em ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pela 1ª Promotoria de Justiça da comarca, que solicitou liminarmente o bloqueio de bens.

Segundo o Ministério Público do Paraná (MPPR), o prefeito teria recebido de um empresário cerca de R$ 20 mil como doação de campanha não contabilizada – o caixa 2 – e em troca, se eleito, iria favorecer à empresa do doador.

Após a eleição, o prefeito, com a participação de servidores, direcionou um processo licitatório para contratação da empresa, num contrato de R$ 313 mil, para reforma do reservatório da estação de água do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Antonina (Samae).

De acordo com a promotoria, as investigações também apuraram que o prefeito também teria recebido propina após a assinatura do contrato.

Para que a empresa doadora vencesse a licitação, o processo contou com a participação de um segundo empresário que apresentou uma proposta simulada com orçamentos falsificados, segundo o Ministério Público do Paraná.

Já a mãe do prefeito teria recebido depósitos das doações de campanha em sua conta corrente, como forma de esconder as doações não contabilizadas.

Na ação, os promotores querem a nulidade do contrato resultante do processo licitatório fraudado e a condenação dos réus às sanções previstas na Lei de Improbidade, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, ressarcimento dos danos ao erário e pagamento de multa civil.

O prefeito Zé Paulo foi procurado, mas ainda não retornou o contato com seu posicionamento.

Outro bloqueio

Em junho de 2017, Zé Paulo, o então secretário municipal de Educação de Antonina, três empresas e cinco empresários foram alvos de bloqueios de bens de R$ 665 mil em um processo que investiga fraude em procedimento de dispensa de licitação para contratação emergencial do serviço de transporte escolar

> Bens de prefeito, secretário e empresários de Antonina são bloqueados

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="605170" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]