Coronavírus: Prefeitura de Carambeí fecha comércio por 15 dias após aumento de casos

Redação


A Prefeitura de Carambeí, nos Campos Gerais do Paraná, determinou o fechamento do comércio por 15 dias após um aumento expressivo no número de casos confirmados do novo coronavírus.

A medida começa a valer a partir desta quarta-feira (10) e, empresários e comerciantes que descumprirem as regras, podem perder o alvará de funcionamento e estarão sujeitos à multa de R$ 5 mil.

Carambeí, que tem aproximadamente 23 mil habitantes, confirmou 10 casos de coronavírus em 2 semanas. Além disso, no boletim desta terça-feira (9), divulgado pela Sesa (Secretaria Estadual de Saúde), consta a morte de uma mulher, de 71 anos, que morava no município. Ela não resistiu aos sintomas da Covid-19 e faleceu no dia 4 de junho.

ATIVIDADES RELIGIOSAS ESTÃO SUSPENSAS EM CARAMBEÍ

Segundo o decreto, lanchonetes, cafeterias, distribuidoras de bebidas e lojas de conveniências poderão atender exclusivamente pelo serviço de entrega na modalidade delivery.

Os restaurantes podem abrir, porém, o horário de funcionamento é reduzido: das 11h às 15 h. Além disso, deverão  cumprir o distanciamento de mesas de dois metros.

Em relação as igrejas, ficam suspensas todas as atividades religiosas que promovam qualquer contato pessoal. Academias também devem ser fechadas.

A Prefeitura de Carambeí, por meio do decreto, também proibiu a circulação de crianças em espaços públicos, de lazer e comerciais.

O decreto tem prazo de 15 dias, mas pode ser prorrogado caso a administração municipal ache necessário.

Previous ArticleNext Article