Prefeitura de Curitiba publica edital para obras no Viaduto do Tarumã

Estações-tubo serão implementadas na Victor Ferreira do Amaral e na Linha Verde, que vão possibilitar integração entre as linhas que passam em cada uma delas.

Johan Gaissler - 22 de junho de 2022, 14:39

(Foto: Ilustração/IPPUC)
(Foto: Ilustração/IPPUC)

A Prefeitura de Curitiba publicou nesta quarta-feira (22) um edital para a realização de obras no Viaduto do Tarumã, localizado entre a Avenida Victor Ferreira do Amaral e a Linha Verde. As propostas devem ser entregues por empresas independentes ou consórcios até o dia 21 de julho.

O documento para concorrência pública é referente aos lotes 2.1 e 2.2, e prevê a duplicação do viaduto e a implementação de estações de ônibus nas duas avenidas, que vão possibilitar a integração entre as linhas que passam em cada uma delas.

Para os pedestres, estão previstas a construções de rampas que ligarão a Victor Ferreira do Amaral à Linha Verde. Para os automóveis, o trevo será remodelado e a região vai receber nova sinalização.

Na parte superior do Viaduto do Tarumã, na Linha Verde, a estação-tubo Tarumã ficará localizada na canaleta dos ônibus, onde passam os ônibus expressos que ligam os trechos norte e sul da avenida, além de alimentadores da região, possibilitando a baldeação.

Na parte inferior, a estação Victor Ferreira do Amaral vai permitir que usuários de ônibus que ligam a Região Metropolitana ao Centro, além de ligeirinhos e alimentadores, possam pegar outra linha pagando apenas uma passagem.

Pelo desenho do projeto, não será possível a integração entre as partes superior e inferior do viaduto, nem nas estações-tubo, nem nos pontos para alimentadores.

PREFEITURA DE CURITIBA RECEBE NOVAS PROPOSTAS PARA O LOTE 4.1 DA LINHA VERDE

A Prefeitura de Curitiba recebeu na última semana propostas para as obras remanescentes do lote 4.1 da Linha Verde, referente à região do Atuba, no norte da avenida. Em dezembro do ano passado, o contrato vigente foi rompido pela "não realização dos serviços". 

O novo edital foi publicado em abril, suspenso em maio e reaberto em junho. A divulgação da empresa ou consórcio vencedor deve ocorrer nos próximos dias.

Na época da suspensão, a SMOP (Secretaria Municipal de Obras Públicas) informou que o adiamento ocorreu para minimizar possíveis recursos administrativos que impactariam na retomada das obras.