Prefeituras da RMC criam novos decretos durante pandemia do coronavírus

Redação

Covid-19: Curitiba registra novos 476 casos e 13 óbitos

As Prefeituras dos municípios de Araucária, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e Pinhais anunciaram nesta terça-feira (23) novos decretos com medidas de restrição durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Todos esses decretos têm validade para os próximos 14 dias e tem itens diferentes para cada um desses municípios.

Nas última semana, o governador do Paraná, Ratinho Junior, em reunião com os prefeitos da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba) editou um decreto com recomendações para essas cidades.

Os prefeitos fizeram uma nova reunião no último sábado (20) e acertaram que iriam publicar novos decretos durante essa semana.

Veja abaixo as medidas adotadas por cada município:

ARAUCÁRIA

  • comércio aberto das 10 às 16h durante a semana e fechado no sábado e no domingo;
  • venda de bebidas proibida após às 21h;
  • academias abertas das 10h às 18h durante a semana e fechadas no sábado e no domingo;
  • restaurantes abertos das 10h às 21h todos os dias e com delivery liberado em qualquer horário;
  • bares e lanchonetes abertos das 10h às 18h durante a semana e fechados no sábado e domingo;
  • Igrejas não irão poder realizar missas, mas podem prestar atendimento individual;
  • supermercados abertos das 10h às 21h de segunda-feira à sábado, sendo proibida a entrada de crianças;
  • postos de combustíveis podem abrir em qualquer horário, exceto as lojas de conveniência, que devem funcionar das 10h às 18h durante a semana;
  • farmácias e padarias sem horários de restrição;
  • atividades em piscinas proibidas em qualquer horário.

CAMPO LARGO

  • comércio aberto das 10 às 18h durante a semana e fechado no sábado e no domingo;
  • venda de bebidas proibida após às 22h;
  • academias abertas das 10h às 18h durante a semana e fechadas no sábado e no domingo;
  • restaurantes abertos das 10h às 21h todos os dias e com delivery liberado em qualquer horário;
  • bares e lanchonetes abertos das 10h às 18h durante a semana e fechados no sábado e domingo;
  • Igrejas não irão poder realizar missas, mas podem prestar atendimento individual;
  • supermercados abertos das 10h às 21h de segunda-feira à sábado;
  • postos de combustíveis podem abrir em qualquer horário, exceto as lojas de conveniência, que devem funcionar das 10h às 18h durante a semana;
  • farmácias e padarias sem horários de restrição.

FAZENDA RIO GRANDE

  • comércio aberto das 10 às 18h durante a semana e fechado no sábado e no domingo;
  • venda de bebidas proibida após às 22h;
  • academias abertas das 10h às 18h durante a semana e fechadas no sábado e no domingo;
  • restaurantes abertos das 10h às 21h todos os dias e com delivery liberado em qualquer horário;
  • bares podem abrir das 10h às 18 durante a semana e lanchonetes abertas das 10h às 21h em qualquer dia;
  • Igrejas não irão poder realizar missas, mas podem prestar atendimento individual;
  • supermercados abertos das 10h às 21h de segunda-feira à sábado;
  • postos de combustíveis podem abrir em qualquer horário, exceto as lojas de conveniência, que devem funcionar das 10h às 18h durante a semana;
  • farmácias e padarias sem horários de restrição.

PINHAIS

  • comércio aberto das 10 às 18h durante a semana e fechado no sábado e no domingo;
  • venda de bebidas proibida após às 22h;
  • academias abertas das 10h às 18h durante a semana e fechadas no sábado e no domingo;
  • restaurantes abertos das 10h às 21h de segunda-feira à sábado e com delivery liberado em qualquer horário;
  • bares podem abrir das 10h às 18 durante a semana e lanchonetes abertas das 10h às 21h em qualquer dia;
  • Igrejas não irão poder realizar missas, mas podem prestar atendimento individual;
  • supermercados sem restrições para a abertura;
  • postos de combustíveis e lojas de conveniência sem restrições para a abertura;
  • farmácias e padarias sem horários de restrição.

VEJA MAIS: Coronavírus: Paraná confirma 725 casos novos e mais 27 mortes por Covid-19

Previous ArticleNext Article