Três pessoas são presas suspeitas do desaparecimento do casal de Goioerê

Ana Cláudia Freire

casal desaparecido goioerê

Três pessoas foram presas, na manhã desta quarta-feira (16), suspeitas do desaparecimento do casal Kauanay Cleve, 23 e seu marido e Rubens Biguett, 29, desaparecidos há mais de um mês, na cidade de Goioerê, na região Noroeste no Paraná.

Duas pessoas foram presas em Umuarama e outra foi detida na cidade de Tapejara, conforme a Polícia Civil.  Com o homem detido em Tapejara a polícia encontrou jóias, bolsas e aparelhos eletrônicos que podem ter sido roubados na casa do casal, na semana do desaparecimento. A PCPR irá pedir o reconhecimento dos objetos para a família.

No dia 12 de agostos , outra suspeita, Suziane Ferreira dos Santos, teve sua prisão temporária decretada por 30 dias. Ela era amiga e vizinha do casal. A polícia já considera o crime como duplo homicídio.

ENTENDA O CASO DO CASAL DESAPARECIDO EM GOIOERÊ

Kauanay Cleve, 23 e seu marido e Rubens Biguett, 29, estão desaparecidos desde o dia 3 de agosto.

O casal foi visto pela última vez em casa, por volta das 18h30, pela irmã de Rubens e também pelo padrasto de Kauanay.

No mesmo dia, o bebê do casal, de apenas quatro meses,  foi encontrado, enrolado em um cobertor, abandonado em frente a uma casa, do outro lada da cidade. O Conselho Tutelar foi acionado e o bebê foi entregue à avó maternal, Leya Grejanin, na mesma noite.

KAUANAY PODERIA ESTAR GRÁVIDA DO SEGUNDO FILHO 

Além de toda a tensão em volta do desaparecimento, uma outra informação deixa a família ainda mais aflita. É que Kauanay teria confirmado para a cunhada recentemente que estaria grávida do segundo filho.

“Minha filha não chegou a confirmar isso pra mim, mas disse pra cunhada dela que estaria grávida. Eu só sei que ela fez um exame que deu positivo, mas não tive tempo de saber por ela“, informou Leya Grejanin, mãe de Kauanay

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal