33 presídios do Paraná são equipados com escâneres corporais

Todas as penitenciárias do Paraná estão sendo equipadas com escâneres corporais que auxiliam na revista dos visitantes. ..

Vinicius Cordeiro - 30 de abril de 2019, 17:01

Foto: José Fernando Ogura/ANPr
Foto: José Fernando Ogura/ANPr

Todas as penitenciárias do Paraná estão sendo equipadas com escâneres corporais que auxiliam na revista dos visitantes. No final do ano passado, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná (OAB-PR) apresentou denúncias que mulheres, familiares de presos, relataram a situação vexatória a que vinham sendo submetidas ao visitarem seus filhos, irmãos ou companheiros.

Os novos equipamentos contam com uma tecnologia avançada de imagens. É possível detectar materiais metálicos e não metálicos que estiverem nas roupas, na superfície ou no interior do corpo dos visitantes.

Dessa forma, o procedimento de segurança acontece de forma mais precisa e segura, evitando situações mais constrangedoras e que atinjam a intimidade da pessoa. O investimento é cerca de R$ 5 milhões.

“A iniciativa traz mais rapidez, eficiência e dignidade no atendimento dos visitantes, ainda garante mais segurança para todo sistema prisional ao impedir com eficiência a entrada de materiais ilícitos”, declarou o diretor do Depen, Francisco Caricati.

LICITAÇÃO

Depois do processo licitatório, aberto em janeiro, a empresa escolhida foi a Nuctech do Brasil, com contrato de dois anos. Ela será a responsável pela locação e manutenção de 25 equipamentos.

Vale ressaltar que o equipamento segue às normas brasileiras que regulamentam a inspeção e possuem autorização da Comissão Nacional de Energia Nuclear. Além disso, a tecnologia não oferece riscos à saúde, podendo ser usada inclusive por gestantes.