Com prova de DNA, homem é preso quase um ano depois de roubo a carro do Sedex

Redação

PF Lula Lava Jato Polícia Federal Superintedência PF

Um homem foi preso nesta sexta-feira (4) em Curitiba por um roubo a um carro do Sedex dos Correios cometido há quase um ano atrás. Segundo a PF (Polícia Federal), ele foi identificado após prova de DNA.

O assaltou aconteceu no dia 19 de setembro do ano passado, com uso de arma de fogo. Além do roubo, o suspeito ainda deixou o carteiro preso dentro do baú do veículo dos Correios.

A PF destacou que a prisão só aconteceu porque o homem já tinha sido preso em 2018 por um roubo qualificado contra os Correios em outubro de 2017. Naquela época, o DNA do homem foi coletado e inserido no banco federal de perfis genéticos após autorização judicial.

Com isso, a  23ª Vara da Justiça Federal de Curitiba expediu mandado de prisão contra o homem, que será indiciado por roubo qualificado. A pena para esse crime pode ultrapassar 15 anos de prisão.

Previous ArticleNext Article