Cidades do Paraná registraram sensação térmica negativa nesta sexta

Vinicius Cordeiro e Francielly Azevedo

frio Paraná previsão do tempo

O Paraná teve as menores temperaturas do ano nesta sexta-feira (5) e em algumas cidades a sensação térmica foi de temperaturas negativas. Em Clevelândia, no sudoeste do estado, os termômetros registraram 4,2ºC, mas a sensação térmica foi de – 1,8ºC. Em Inácio Martins, no centro-sul, o termômetro chegou a 4,1ºC, com sensação térmica de – 1,1ºC. Os dados foram registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Segundo o Instituto Meteorológico do Paraná (Simepar), a grande cobertura de nuvens impediu um declínio mais acentuado das temperaturas. A expectativa do Simepar é que todas as regiões do Paraná sofram com geada neste sábado (6). Ou seja, quem estiver fora de casa precisará se agasalhar bastante.

“O vento vai aumentar a sensação de frio e é para dar uma acalmada no sábado. Mas é difícil estimar isso”, avaliou o Samuel Braun, meteorologista do Simepar.

Ainda segundo Braun, a tendência é que o frio permaneça até a próxima terça-feira (9). Além disso, a massa polar que chegou ao país deve atingir até os estados do norte do Brasil.

INTERIOR

Guarapuava terá a menor temperatura do Paraná no sábado. A previsão é que a máxima chegue a a 13˚C, mas a mínima será de -4˚C.

Cascavel, Apucarana, Francisco Beltrão, Pato Branco, União da Vitória, Rio Negro, Laranjeiras do Sul e Ponta Grossa também sofrerão com temperaturas negativas.

Já Foz do Iguaçu, Campo Mourão e Telêmaco Borba devem ficar a 0˚C.

Por fim, as mínimas em Londrina, Maringá e Umuarama devem girar entre 1 e 2˚C.

LITORAL

De acordo com a previsão do tempo, a costa paranaense é a região do Paraná que menos vai sofrer com o frio.

“A água do oceano tem uma capacidade térmica que a mudança da temperatura não é tão rápida. A terra resfria mais rápido que a água, que se mantém a 20 graus e as regiões mais próximas também sofre esse efeito”, explica Braun.

Com isso, Paranaguá deve ficar entre 5˚C e 17˚C no sábado. Há também o alerta da Marinha do Brasil sobre ondas de 3 a 4 metros de altura entre o litoral de Santa Catarina e do Rio de Janeiro, incluindo o litoral do Paraná.

GEADA

Quem quiser acompanhar as previsões, pode se cadastrar no serviço Alerta Geada, mantido pelo Simepar e pelo Instituto Agronômico do Paraná. O Alerta é gratuito e emite previsões com antecedência de 48 e 24 horas. Boletins são divulgados pelo Disque Geada (43) 33914500, nas redes sociais e páginas do Simpear e Iapar.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="637262" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]