PRF deflagra operação de fiscalização no feriado prolongado

Redação e Assessoria


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia à zero hora desta quarta-feira (14) a Operação Proclamação da República, em todo o país.

A operação segue até domingo (18) e tem como prioridades o controle de velocidade com radares portáteis, o combate à embriaguez ao volante e a fiscalização de ultrapassagens proibidas.

O uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção para crianças, além de fiscalizações específicas de motocicletas, também estão entre os focos dos policiais rodoviários federais.

O pico de movimento na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e início da noite de quarta-feira e na manhã de quinta-feira. O retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de domingo.

Como o feriado de 2017 caiu em uma quarta-feira, não houve nenhuma operação especial da PRF, na ocasião. No ano anterior, em 2016, sete pessoas morreram nas rodovias federais do Paraná em cinco dias de operação. Outras 147 ficaram feridas. A PRF contabilizou 178 acidentes.

Orientações para uma viagem segura

Por meio de nota, a PRF aponta atitudes necessárias para uma viagem segura: respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. Estas são algumas das principais orientações da PRF para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Previous ArticleNext Article