PRF amplia fiscalização nas estradas federais no Paraná

As ações de reforço na fiscalização seguem até a meia-noite de domingo (19); ano passado, 130 pessoas se feriram e sete morreram no Corpus Christi no estado.

Redação - 15 de junho de 2022, 07:15

Divulgação/PRF
Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou à zero hora desta quarta-feira (15) a Operação Corpus Christi no Paraná. Com a fiscalização ampliada, o objetivo é promover a segurança viária nas estradas federais do estado ao longo do feriado prolongado.

Conforme a polícia, historicamente há um aumento relevante do fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas rodovias federais durante os feriados o que contribui para o aumento da violência no trânsito.

Em 2021, a PRF registrou 115 acidentes durante o feriado de Corpus Christi no Paraná, com 130 pessoas feridas e sete mortes, entre 2 e 6 de junho.

As ações de reforço na fiscalização seguem até a meia-noite de domingo (19), e visam a livre circulação dos veículos, a prevenção de acidentes e a promoção da segurança viária.

Os esforços são intensificados em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de ocorrência de crimes, de acordo com as estatísticas da PRF.

Neste ano, não haverá restrição de tráfego para veículos ou combinações de veículos excedentes em peso ou dimensões, nas rodovias federais que cortam o estado.

PREVENÇÃO DE ACIDENTES

Além das ações operacionais e de combate à criminalidade, a polícia também promoverá atividades de educação para o trânsito durante o período. Entre os temas que receberão destaque estão ultrapassagens indevidas, embriaguez ao volante, utilização do cinto de segurança, utilização dos dispositivos de retenção para crianças, uso do capacete, excesso de velocidade, uso do celular ao dirigir, entre outros. Essas são as condutas que, historicamente, provocam o maior número de fatalidades nas rodovias, ainda segundo a PRF.

Há possibilidade de chuva no Paraná no decorrer da semana. A PRF orienta que nesse período chuvoso o motorista tenha cuidados especiais. Os acidentes que ocorrem sob pista molhada, geralmente são provocados pela diminuição da visibilidade, falta de atenção e velocidade incompatível.

A polícia orienta os motoristas a transitar com velocidade moderada, sempre a direita da via, acender os faróis (baixo), manter distância segura do outro veículo que segue à sua frente, evitar manobras e freadas bruscas.

Em caso de acidente, não havendo feridos, a orientação é retirar os veículos da pista imediatamente. É possível registrar a ocorrência pela internet, através do link https://declarante.prf.gov.br/declarante/. Havendo feridos, o condutor deve sinalizar a via e informar a PRF, pelo número de emergência 191.