Prisão de jogador suspeito de matar dirigente de clube do PR é convertida em preventiva

Redação

Justiça aceita denúncia e jogador suspeito de matar dirigente vira réu por homicídio

A prisão do jogador Vinícius Henrique Corsini, suspeito de matar José Danilson Alves de Oliveira, foi convertida em preventiva na noite desta quinta-feira (17), em Rolândia, na região norte do Paraná.

Na decisão do juiz Alberto José Ludovico, além de converter a prisão, ele agendou a audiência de custódia do suspeito para hoje (18).

JOGADOR MATA A FACADAS PRESIDENTE DE CLUBE DE FUTEBOL DO PARANÁ

O jovem, de 20 anos, é suspeito de esfaquear o dirigente de futebol do Clube Nacional de Rolândia, após uma discussão. Ele tentou fugir após desferir os golpes contra Danilson, mas foi contido por populares no centro do município e preso em flagrante.

Corsini defendeu o Nacional em 2018, mas teve o contrato com o clube rescindido no início deste ano. Segundo a PCPR (Polícia Civil do Paraná), o jovem estaria descontente com o desligamento e criou uma mágoa, por isso, teria praticado o crime contra Danilson.

Porém, a defesa do jovem, afirmou que a motivação do crime não teria relação com o contrato, demissão ou outro fator que teria relação com a profissão. Para o Terra, o delegado plantonista, Marcos Rubira, afirmou que, em depoimento, Corsini disse que cometeu o crime porque José Danilson Alves de Oliveira estaria ‘flertando’ com sua mãe.

O dirigente foi encaminhado para o Hospital do Coração, em Londrina, após o ataque, mas não resistiu aos ferimentos. Já a faca utilizada no crime, Vinícius Corsini teria comprado minutos antes de cometer o crime, em um mercado da cidade, ainda segundo a polícia.

DANILSON ERA CONHECIDO NA REGIÃO PELA CARREIRA POLÍTICA

Além de ser presidente do Nacional, Danilson também era muito conhecido na região pela carreira política. Ele exerceu três mandados como vereador em Rolândia, chegou a ser presidente da Câmara, e era candidato nas eleições deste ano pelo PSB. Além disso, também já tinha atuado como vice-prefeito da cidade.

O Nacional estreia na Série D contra a Ferroviária no próximo sábado (19), às 16h30, no estádio Erich George, em Rolândia.

nacional rolândia presidente
(Divulgação/Nacional)
Previous ArticleNext Article