Professor de Goioerê é acusado de assédio sexual contra aluna de 16 anos

Os casos de assédio aconteceram no ano passado. Professor de 60 anos é denunciado por dois atos de assédio contra adolescente de 16 anos.

Redação - 06 de maio de 2022, 16:50

Arquivo/Agência Brasil
Arquivo/Agência Brasil

Um homem de 60 anos, professor de uma escola pública de Goioerê, na região centro-oeste do Paraná, foi denunciado por dois atos de assédio sexual contra uma aluna de 16 anos.

De acordo com a 2.ª Promotoria de Justiça de Goioerê, os dois crimes ocorreram no ano passado.

Segundo a denúncia criminal, em um dos casos, o professor passou a mão nas pernas da adoescente e fez insinuações sexuais. Em outro caso, ele favoreceu a aluna com nota máxima e presença nas aulas, mesmo quando ela faltava.

O Código Penal prevê pena de um a dois anos de detenção. A punição pode ser agravada em até um terço pelo fato de a vítima ser menor de idade. Também pode haver acréscimo de um sexto a dois terços na pena por se tratar de crime continuado.

Casos de abuso ou assédio sexual contra crianças e adolescentes podem ser denunciados ao Conselho Tutelar ou ao Ministério Público. Endereços e telefones das promotorias podem ser encontrados no site do MPPR.

Por envolver vítima menor de idade, a denúncia tramita em segredo de Justiça. Pelo mesmo motivo, o nome da escola é mantido em sigilo.