Professor tem os bens bloqueados por não comparecer às aulas

Um professor de Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá (UEM) teve os bens bloqueados pela 1ª Vara da Faz..

Redação - 20 de abril de 2016, 14:17

Um professor de Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá (UEM) teve os bens bloqueados pela 1ª Vara da Fazenda Pública de Maringá, noroeste do estado, por não comparecer às atividades diárias, inclusive as suas aulas. Além do professor, a medida tomada pela 1ª Promotoria de Justiça de Maringá também atinge dois ex-chefes do departamento por omissão na fiscalização da carga horária.

De acordo com as investigações do Ministério Público do Paraná (MP-PR), o professor costumava faltar às aulas, reuniões do departamento e até em bancas de defesa de teses e dissertações. Porém, todos os alunos de suas disciplinas eram aprovados com 100% de frequência.

Por entender que o professor enriqueceu ilicitamente quando recebia sem prestar os serviços pertinentes ao seu cargo, a Promotoria pediu liminarmente o bloqueio dos bens do professor e dos dois então chefes de departamento, para garantia do ressarcimento dos valores recebidos por ele, estimados em aproximadamente R$ 67 mil.

A ação pede que os envolvidos sejam julgados por improbidade administrativa que os sujeita a perda de cargo público, suspensão dos direitos políticos, ressarcimento do dano causado aos cofres públicos, pagamento de multa, dentre outras.