Professores e técnicos da Unioeste aprovam estado de greve

Roger Pereira


Do AN6

Trabalhadores da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná) e do HU (Hospital Universitário) de Cascavel, oeste do Paraná, aprovaram estado de greve nesta quinta-feira (7), em assembleia convocada pelo Sinteoeste (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos do Ensino Superior do Oeste do Paraná). A decisão foi um recado ao governador Beto Richa (PSDB), que ameaça revogar a lei que instituiu a data-base do funcionalismo e a reposição das perdas salariais aos servidores.

“O estado de greve é um posicionamento diante da possibilidade do envio do projeto à Assembleia Legislativa. Por isso também aprovamos assembleia permanente e nos manteremos mobilizamos diante de qualquer ataque e organizados caso a greve seja necessária”, explica Gracy Kelly Bourscheid, presidente do Sinteoeste, diante da possibilidade iminente do envio do projeto de lei que significará o descumprimento do acordo que pôs fim a greve geral do funcionalismo no ano passado.

Clique aqui para ler a matéria completa no AN6

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal