“Cristolândia” recupera dependentes de crack no Paraná

Jordana Martinez

A Primeira Igreja Batista de Curitiba completa 104 anos de existência e inaugura o programa Cristolândia Paraná. A ideia é trabalhar permanentemente na recuperação e assistência a dependentes químicos e codependentes, principalmente viciados em crack, e atuar na prevenção ao uso de drogas.

O nome Cristolândia faz alusão à cracolândia, local onde os dependentes de crack costumam fazer o uso da droga. Em Curitiba, assim como em outras grandes cidades, a maioria das pessoas em situação de rua consome drogas, o crack é uma das principais. No Paraná, segundo o mapa do crack, estudo da Confederação Nacional de Municípios, 93 cidades estão em situação de alerta, o que justifica a importância de iniciativas como esta da PIB.

Segundo o coordenador da Cristolândia Paraná, pastor Daniel Eiras, as igrejas precisam realizar mais ações que beneficiem as comunidades em vulnerabilidade. “Não podemos deixar na mão dos governos, apenas. Como cristãos, temos o compromisso de ajudar o próximo, principalmente àquele que não tem mais a quem recorrer”, afirma.

Em São Paulo o programa já existe há dez anos, mas a ideia foi se espalhando pelo país e hoje está presente nos seguintes locais: Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia, Distrito Federal, e agora no Paraná.


Etapas

O programa é realizado em quatro etapas, sendo a primeira a chamada “busca ativa”. “Nesta etapa percorremos as cracolândias, criamos vínculos com os dependentes e falamos do projeto. A ideia é gerar confiança e mostrar que é possível recomeçar a vida sem drogas e com perspectivas positivas para o futuro”, explica o líder das buscas Valdir Diniz, que atualmente é pastor, já trabalhou na Cristolândia do Rio de Janeiro e teve passado nas drogas.

A segunda etapa é a “acolhida”, quando o dependente receberá alimentação saudável, higienização pessoal, roupas, terá guarda de seus pertences, avaliação multidisciplinar e suporte para acesso a documentos. Depois, eles serão encaminhados à Cristolândia propriamente dita, uma chácara em Mandirituba, região metropolitana de Curitiba, onde serão integrados ao Centro de Formação Cristã. As atividades nesta etapa são de responsabilidade da Primeira Igreja Batista, que auxiliará o acolhido na construção de seu Plano Terapêutico Individual.

“Todas as etapas são importantes, mas é nesta que o dependente receberá cuidados com sua saúde física e espiritual, trabalhando na construção de novos projetos de vida. Além disso, ele também receberá capacitações e será preparado para sua reinserção no mercado de trabalho”, explica Eiras.

Na chácara, o acolhido poderá ficar entre seis e nove meses e depois passará para a quarta etapa, chamada de “república”. Neste momento, o ex-dependente ficará em uma moradia com equipe para acompanhamento psicossocial e será encaminhamento para outros serviços, programas e benefícios da rede socioassistencial e das demais políticas públicas. O prazo para permanência na república é de até 12 meses.

Segundo o pastor Paschoal Piragine Junior, presidente da PIB Curitiba, todo o processo, que pode durar até dois anos, tem como objetivo “transformar, por meio de cuidado, carinho e da evangelização, a vida das pessoas que se deixarem ser auxiliadas. Queremos ajudar a sociedade no combate ao uso do crack, droga que tornou o Brasil o maior mercado consumidor deste entorpecente”, conclui.

Foco em prevenção

Em paralelo ao cuidado com quem já está escravizado nas drogas, a Cristolândia Paraná vai trabalhar fortemente na prevenção. Neste primeiro momento 30 locais estratégicos receberão voluntários, em parceria com Igrejas Batistas e de outras denominações, para impactar crianças, adolescentes e jovens no propósito de que façam escolhas saudáveis para sua vida.

No estado paranaense é uma iniciativa que envolve, além da Primeira Igreja Batista de Curitiba, outras Igrejas Batistas e Evangélicas da cidade, a Associação das Igrejas Batistas da Grande Curitiba, a Convenção Batista Paranaense e a Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira.

Se você quiser apoiar o programa Cristolândia Paraná, entre em contato com a Primeira Igreja Batista de Curitiba pelo telefone 41 3091-4347 ou acesse www.pibcuritiba.org.br/cristolandiaparana. Você pode doar alimentos, produtos de higiene pessoal, produtos de limpeza, roupas e dinheiro.

Festividade de aniversário

Além da inauguração do programa Cristolândia, a PIB Curitiba, em comemoração ao seu aniversário, realizará no sábado (12), das 09h às 18h, o “Celebre”.

A programação do evento contará com bazar solidário, das 10h às 15h; outlet de roupas da última estação, das 10h às 17h; feira com barraquinhas gastronômicas, das 10h às 18h; apresentações musicais e artísticas; das 12h às 17h; oficina de arco e flecha, muay thay e exercício funcional, das 09h às 18h e atividades recreativas para as crianças, das 12h às 17h.

O Celebre será realizado no estacionamento da PIB Curitiba, que fica na Rua Bento Vianna, 1200, esquina com a Avenida Batel. Todo recurso arrecado este ano será revertido para a Cristolândia.

A PRIMEIRA IGREJA BATISTA

A Primeira Igreja Batista de Curitiba está localizada na Rua Bento Viana, 1200, Batel. A instituição conta hoje com mais de dez mil membros e tem como pastor presidente, há 26 anos, Paschoal Piragine Junior. Realiza diversos projetos sociais por meio da Ação Batista de Ação Social e está presente em diversas partes do mundo por meio de missionários sustentados pela própria Igreja e seus membros.

Post anteriorPróximo post
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.
Comentários de Facebook