Quadrilha que comandava laboratórios de cocaína em Curitiba e região é alvo de operação policial

Redação e BandNews FM Curitiba


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu, nesta sexta-feira (20), cinco mandados de prisão contra suspeitos de integrarem uma organização criminosa que mantinha laboratórios de cocaína em Curitiba e Região Metropolitana.

A operação também cumpriu três mandados de busca e apreensão. A ação foi um desdobramento de investigações que resultaram na descoberta de dois laboratórios de droga, em abril e julho, na Grande Curitiba.

O homem apontado como líder da quadrilha foi preso à época, mas, mesmo detido, seguia no comando da operação criminosa.

“Ele era o responsável pelo laboratório para o refino de cocaína, mas a Polícia Civil apurou que mesmo com sua prisão o suspeito continuava a traficar e gerenciar um novo laboratório, tendo sua esposa como principal chefe do bando. Além dela, o esquema ainda contava com um outro gerente designado para cuidar desse laboratório e dois vendedores, responsáveis pela distribuição da droga aos usuários”, explica o delegado Victor Loureiro, responsável pelas investigações.

A investigação apontou que, nos laboratórios, os traficantes misturavam a droga pura com outros componentes, para aumentar a quantidade de entorpecente e, também, o lucro da quadrilha.

Segundo a polícia, cada um dos laboratórios tinha capacidade de manufaturar até seis quilos de cocaína por semana.

“Os traficantes recebiam a droga pura e a partir daí faziam uma mistura com outros insumos, para dar maior volume e potencializar os efeitos. Estimamos que cada um desses laboratórios poderia produzir de cinco a seis quilos de cocaína por semana”, completa o delegado.

De acordo com a Polícia Civil, os investigados devem responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="784651" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]