Quadrilha de idosas causa prejuízo a farmácias em Santa Felicidade

A polícia investiga uma quadrilha de idosas que tem furtado farmácias na região do bairro Santa Felicidade, em Curitiba...

Andreza Rossini - 18 de maio de 2018, 13:09

Foto: Reprodução RPC
Foto: Reprodução RPC

A polícia investiga uma quadrilha de idosas que tem furtado farmácias na região do bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Desde a última sexta-feira (11), a estimativa da proprietária de um estabelecimento é de que as senhoras tenham feito pelo menos três furtos. O prejuízo chega a R$ 150 reais. A dona da farmácia, Yasmin Ferreira, relata que as idosas são simpáticas e até interagem com os atendentes antes de cometerem o furto.

"Elas entram, veem que os funcionários estão em atendimento, as vezes nós oferecemos atendimento e elas dizem que não precisa. Elas agem naturalmente como se nada tivesse acontecendo e agem muito rápido, acaba que não conseguimos ver, só sentimos falta do produto depois, tarde de mais. Não apresentam nenhuma suspeita, estão bem vestidas, conversam com a gente", afirmou.

As imagens foram gravadas nos dias 11, 14 e 16 deste mês. As idosas escondem os produtos nas bolsas ou dentro das roupas. Um inquérito para investigar o caso foi instaurado pela Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC).

A ação das suspeitas foi filmada por câmeras de segurança. Durante os furtos, os produtos são escolhidos a dedo. Entre os itens levados pelas idosas estão produtos de beleza com preços considerados altos, como relata Yasmin.

"A primeira levou um óleo de fragrância com um valor bem alto, a outra leva duas caixas de tinta, escolhe qual ela quer. A terceira pega um condicionador de um valor bem alto. Tudo chegou a uns R$ 150. Eu nunca imaginava passar por isso aqui", afirmou.

Em conversa com comerciantes da região, a dona da farmácia descobriu que outros estabelecimentos do bairro também já foram vítimas das velhinhas. Em uma das lojas, uma das idosas chegou a ser pega em flagrante enquanto furtava e, pouco tempo depois, teria voltado ao mesmo local para levar mais produtos.