Suspeitos de furtarem passageiros do transporte coletivo de Londrina são presos

Redação


Uma quadrilha que cometia furtos no transporte coletivo de Londrina, na região norte do Paraná, é desmontada em uma operação da PCPR (Polícia Civil do Paraná), na manhã desta quinta-feira (8).

Duas pessoas já foram presas na ação, que cumpre ainda seis mandados de busca e apreensão e dois de prisão. Segundo as investigações, 80 pessoas foram vítimas da quadrilha em Londrina e Cambé. Uma delas teria perdido R$ 12 mil.

QUADRILHA AGIA QUANDO PASSAGEIROS DESEMBARCAVAM DO TRANSPORTE COLETIVO DE LONDRINA

De acordo com a PCPR, a quadrilha agia principalmente dentro dos ônibus do transporte coletivo, onde participavam, pelo menos, três integrantes do bando. Na hora do desembarque dos passageiros, eles cercavam a vítima e furtavam documentos, dinheiro e cartões sem que a pessoa percebesse.

Com o cartão das vítimas, a quadrilha fazia saques e até empréstimos. A maioria das pessoas escolhidas pela quadrilha era idosa. Para chegar aos responsáveis, a polícia contou com a colaboração das empresas de transporte coletivo. Elas forneceram dados e imagens da ação da quadrilha.

Em Londrina, os mandados de prisão e busca e apreensão se concentram nos Jardins Maria Cecília e Primavera, na zona norte da cidade.

*com informações do portal Tarobá News

Previous ArticleNext Article