Quase 10% dos curitibanos já dirigiram alcoolizados

Ao todo, 9,8% dos motoristas de Curitiba afirmaram que já dirigiram sob o efeito do álcool. O dado foi constatado por um..

BandNews FM Curitiba - 22 de junho de 2018, 09:26

Foto: RODOLFO BUHRER
Foto: RODOLFO BUHRER

Ao todo, 9,8% dos motoristas de Curitiba afirmaram que já dirigiram sob o efeito do álcool. O dado foi constatado por uma pesquisa feita pelo Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, de 2017.

Desde 2011, quando foi pontuado o índice de 8,6%, a frequência do hábito se mantêm estável.

No Brasil, esse comportamento, no mesmo período, teve aumento de 16%. Na capital paranaense, os homens ainda são os que mais se arriscam no Estado dentro do índice de 2017, representam 15% da população, enquanto as mulheres são 5%.

De acordo com a diretora de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Fátima Marinho, há um temor sobre a possibilidade destes dados voltarem a subir. Segundo ela, é necessário ser mais prudente e lembrar que acidentes de trânsito podem matar e causar graves sequelas.

Por outro lado, a pesquisa também mostra que o número de mortes por acidentes de trânsito no Paraná caiu 15,9%, entre os anos de 2008 e 2016. Nesta terça-feira (19), a Lei Seca completou 10 anos de vigência no país, quando foi criada, em 2008, o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde registrou 3.240 óbitos por essa causa, em 2016, foram 2.726 casos.

Em todo o Brasil, os estados que mais registraram essa queda foram o São Paulo (25,4%), Espírito Santo (21,8%), Santa Catarina (19,0%), Distrito Federal (17,5%) e Paraná (15,9%).

"O Vigitel é uma pesquisa realizada em todas as capitais do país, por telefone, com adultos maiores de 18 anos. Em Curitiba, foram entrevistadas 2.063 pessoas entre fevereiro a dezembro de 2017. Dessas 658 eram homens e 1.405 mulheres.