Quase 2 mil veículos abandonados foram retirados das ruas de Curitiba

Francielly Azevedo

A prefeitura de Curitiba removeu quase 300 carcaças de veículos abandonados nas ruas da cidade somente em 2018. De acordo com a a Superintendência de Trânsito (Setran), os automóveis estavam sem pneus, sem rodas, com vidros quebrados e, em alguns casos, eram até utilizados como depósito de lixo.

Outros 1.659 veículos em condições similares, também abandonados, foram retirados espontaneamente pelos donos desde que o serviço de guincho voltou a funcionar na cidade, no último mês de março.

A Regional Boa Vista foi a que mais teve solicitações: foram 62 veículos removidos com o guincho. Outros 317 foram retirados pelos responsáveis após notificação.

De acordo com a lei, um veículo é considerado abandonado quando está estacionado em logradouro público por prazo superior a 30 dias e em visível mau estado de conservação, com a carroceria apresentando sinais de colisão ou ferrugem, ou, ainda, for objeto de vandalismo ou depreciação voluntária. O tempo de abandono do veículo passa a ser contado a partir da denúncia, que pode ser feita por qualquer cidadão, via Central 156.

Nos casos em que ficar caracterizado o abandono, o veículo será identificado, e o proprietário será notificado pelo órgão municipal competente para que retire o veículo do logradouro público no prazo de dez dias, sob pena de remoção.

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.