Quatro municípios paranaenses voltam às urnas neste domingo

Fernando Garcel


A Polícia Federal (PF) vai reforçar o efetivo policial na Ponte Internacional da Amizade para evitar o transporte ilegal de brasileiros que moram do outro lado da fronteira, mas que votam no Brasil. No domingo (2), quatro municípios, incluindo Foz do Iguaçu, terão eleição suplementares para prefeito e vice-prefeitos.

> Após eleger candidato cassado, Foz do Iguaçu terá novas eleições

De acordo com a Justiça Eleitoral, além de agentes da PF, a Guarda Municipal também vai trabalhar durante as eleições para manter a segurança do patrimônio público e fiscalizar possíveis crimes eleitorais. Quem for pego cometendo crime eleitoral será encaminhado para a delegacia da Polícia Federal.

Além de Foz do Iguaçu, os eleitores de Piraí do Sul, Nova Laranjeiras e Quatiguá também voltam as urnas neste domingo.

O horário eleitoral gratuito e os debates acontecem até o próximo dia 31. A prestação de contas dos candidatos, diretórios municipais dos partidos e comitês financeiros deverá ser apresentadas ao Juízo Eleitoral até as 19 horas do dia 7 de abril e os candidatos eleitos serão diplomados até 20 de abril.

O caso mais emblemático é o de Foz do Iguaçu. O prefeito eleito Paulo Mac Donald (PDT) foi cassado logo após a divulgação do resultado, em outubro de 2016. Quem está no comando provisório do Executivo é Inês Weizemann (PSD), presidente da Câmara. Cinco dos seis vereadores reeleitos na cidade estão presos desde 15 de dezembro, por conta da 5ª fase da Operação Pecúlio, que investiga desvio de recursos públicos.

> Vereadores presos parcelam fiança e deixam a cadeia em Foz do Iguaçu

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="422407" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]