Racistas atacam haitiano e culpam Dilma por presença de estrangeiros

Andreza Rossini


Um haitiano foi vítima de racismo e sofreu espancamento no centro de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na madrugada de sábado (15).

O homem caminhava ao ponto de moto táxi para ir até a rodoviária do município, onde embarcaria sentido Cascavel, também no oeste, às 6 horas. Segundo informações do site mídia ninja, ele iria passar o final de semana com seu filho de oito meses.

Os agressores estariam sentados em uma mesa de bar, na Avenida Brasil, quando gritaram:  “Macaco, você só está aqui por causa da Dilma, mas agora você vai ter que voltar”, ainda de acordo com o Mídia Ninja. O haitiano não teria reagido e teria tentado conversar com o grupo, que teria começado a agredi-ló com golpes de garrafas. Ainda segundo o Mídia Ninja os agressores teriam continuado com os golpes, mesmo quando o homem já estava caido ao chão.

Quando conseguiu correr, um taxista teria prestado os primeiros socorros e encaminhado o homem ao Pronto Atendimento da cidade. O homem é estudante de Administração Pública e Políticas Públicas, na Universidade Federal da Integração Latioamericana.

O Paraná Portal não conseguiu entrar em contato com a Polícia Civil de Foz do Iguaçu para confirmar o registro de boletim de ocorrência. A Polícia Militar afirmou que não foi acionada sobre o caso.

Previous ArticleNext Article