Ratinho Junior autoriza licitação para duplicar trecho da BR-277 em Cascavel

Redação

ratinho junior cascavel BR-277 paraná

Ratinho Junior autorizou a abertura de um edital de licitação para a duplicação, em cerca de seis quilômetros, na BR-277, em Cascavel. O prefeito da cidade, Leonaldo Paranhos e outros líderes empresariais da cidade estiveram em reunião com o governador do Paraná no Palácio Iguaçu ontem (30).

Na visão de Ratinho, a região oeste do estado precisa de investimentos para ampliar a capacidade logística e de escoamento da produção por ser o grande polo produtor do Paraná. Ou seja, a rodovia é vista como o principal corredor rodoviário e de exportação do Paraná.

Dessa forma, o investimento esperado gira em torno de R$ 80 milhões e a expectativa é que o edital seja definido até o final de março, ou seja, em cerca de 60 dias. O projeto original foi entregue pela Ecocataratas, concessionária que administra a rodovia, em razão do acordo de leniência com o MPF (Ministério Público Federal).

“A região vai ganhar capacidade logística com essa obra, muito aguardada, anunciada, mas nunca executada”, ressaltou Sandro Alex, secretário de Estado da Infraestrutura e Logística na gestão Ratinho Junior.

A expectativa, ainda, é que a região sirva de passagem para caminhões do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Guaíra, Paraguai e Argentina.

Além disso, recursos da ACIC (Associação Comercial e Industrial de Cascavel), doados ao Paraná, devem atualizar o projeto. O objetivo é que a obra complete outro trecho, já duplicado e em funcionamento, entre os quilômetros 580 e 583 da BR-277.

“É um marco histórico não só para Cascavel, como para toda Região Oeste. Resolve um grande gargalo do município, com enorme fluxo de caminhões”, destacou Paranhos, gestor de Cascavel.

OBRAS NA BR-277

A intervenção na BR-277 ainda completa a revitalização do Trevo Cataratas, em Cascavel. A passagem será nova cara com um novo viaduto que deve facilitar o fluxo de cerca de 30 mil veículos que circulam no local por dia.

“Começaremos as obras neste primeiro semestre”, afirmou Sandro Alex.

A revitalização integra um pacote de oito projetos que usam os R$ 400 milhões do acordo de leniência feito entre a Ecorodovias e MPF. A empresa, que também controla a Ecovia e a Ecocataratas, fará investimentos de R$ 150 milhões até 2021 ao longo da BR-277.

O acordo ainda prevê R$ 130 milhões para a execução de três obras no trecho da Ecocataratas e R$ 20 milhões em cinco obras da Ecovia, no trecho entre a Região Metropolitana de Curitiba e o litoral. Por fim, outros R$ 220 milhões estão sendo abatidos com redução de tarifas e R$ 30 milhões são pagos em multas.

Previous ArticleNext Article