Receita Federal apreende mais de 220 kg de cocaína no Porto de Paranaguá

Angelo Sfair

receita federal, polícia federal, pf, cocaína, apreensão, porto de paranaguá, litoral, paraná, antuérpia, bélgica, europa

A Receita Federal apreendeu nesta sexta-feira (31), mais de 220 kg de cocaína no Porto de Paranaguá. A droga cruzaria o Atlântico rumo à Europa. Conforme a alfândega no litoral do Paraná, foi a segunda apreensão realizada neste ano.

Com apoio da PF (Polícia Federal), os agentes alfandegários encontraram a cocaína com a ajuda de um scanner. A droga estava escondida em meio a uma carga lítica de peças para maquinário pesado.

De acordo com a Receita Federal, o destino final seria o Porto de Antuérpia, na Bélgica. O terminal, ao lado do Porto de Roterdã, na Holanda, foi o destino preferido das cargas de cocaína apreendidas no litoral do Paraná em 2019.

Ainda conforme a alfândega, a cocaína foi escondida em meio a carga lícita de peças para maquinário pesado sem que o exportador tivesse conhecimento. Ao todo, a pesagem apontou para 221,5 kg da droga.

Ninguém foi preso. O caso foi repassado à delegacia da PF em Paranaguá que passa a investigar o caso.

Assim, a Receita Federal encerra janeiro com duas apreensões de cocaína no principal porto do Paraná. O total apreendido em 2020 chega a 675,5 kg.

Em 2019, foi batido o recorde histórico de apreensões no Porto de Paranaguá. Foram 15.238 kg da droga interceptados. O número representou um aumento de 205% em relação às apreensões do ano anterior. Em 2018, foram encontrados  4.985 kg de cocaína no terminal.

Previous ArticleNext Article