Região Metropolitana de Curitiba testa pagamento de ônibus com cartão de débito e crédito

Mariana Ohde


Com BandNews Curitiba

Começa a funcionar, nesta terça-feira (1°), um novo sistema de pagamento nas linhas de ônibus da Região Metropolitana de Curitiba. Agora, passageiros também poderão pagar as passagens com cartão de débito, crédito ou pré-pago. O projeto-piloto utilizará apenas cartões Mastercard.

A nova modalidade de pagamento faz parte de um projeto-piloto desenvolvido pela própria Mastercard em parceria com empresas de bilhetagem e operadoras de transporte do Brasil. A nova opção de pagamento vai permitir que usuários utilizem também carteiras digitais – aplicativos para smartphone que armazenam os dados bancários do usuário e permitem a realização de pagamentos através do celular.

O vice-presidente de desenvolvimento da Mastercard, Alexandre Brito, afirma que a proposta de oferecer novas formas de pagamento em ônibus tem o objetivo de contribuir para que as cidades se tornem mais eficientes e sustentáveis. “Isso gera eficiência para o consumidor final, que não precisa ficar preocupado em ter dinheiro, e evita que ele seja assaltado. E também para o próprio sistema, que não precisa se preocupar com troco ou assaltos, porque tudo é feito de forma eletrônica”, explica.

A expectativa da companhia é a de que o projeto seja concluído até dezembro de 2017, quando o pagamento passará a funcionar efetivamente em ônibus, trens e metrôs das principais capitais do país.

Solicitação do cartão

Alexandre Brito explica que, para utilizar a tecnologia, é necessário um cartão especial, sinalizado por um sinal específico, semelhante ao do wi-fi. “Quem tiver um cartão Mastercard de crédito, débito ou pré-pago, que tenha esse sinal na parte superior direita ou esquerda do cartão de três ‘ondinhas’, tem um cartão apto a ser usado nesse projeto, nessa nova tecnologia que estamos fazendo na Região Metropolitana de Curitiba. Quando você pegar o ônibus, ele terá uma sinalização da Mastercard, também com essas três ‘ondinhas’, para mostrar que aquele ônibus também aceita esse tipo de transação”, explica.

O mesmo cartão é utilizado em transações bancárias. Caso o usuário não possua a tarjeta com este símbolo é só entrar em contato com o banco e solicitar um novo cartão. Além disso, é possível solicitar o documento à Metrocard, entidade que gerencia a bilhetagem do transporte na Rede Metropolitana. Neste caso, o cartão será pré-pago.

Durante o mês de outubro, a primeira fase do projeto-piloto avaliou os processos de pagamento e os equipamentos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="394859" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]