Reitor da UFPR afirma que vestibular 2020 está mantido

Ana Cláudia Freire


Em assembléia realizada nesta terça (10) à noite, professores da  APUFPR (Associação de Professores da Universidade Federal do Paraná) recomendaram a suspensão do vestibular da UFPR (Universidade Federal do Paraná) neste ano.

A decisão da Associação foi motivada pelos recentes cortes de verbas realizados pelo governo federal. Os professores também pretendem levar o tema para discussão com outras instituições federais de ensino, com o objetivo de pressionar o poder público a liberar os recursos para custeio, pesquisa e extensão para o melhor funcionamento da universidade.

Segundo a reitoria da UFPR ainda não foi entregue à instituição nenhuma reivindicação por parte da APUFPR.

Nesta quarta-feira (11), o  reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseca, em entrevista à rádio CBN Curitiba, disse que a decisão pela realização ou não do vestibular cabe a direção da instituição, apesar do relevante papel da associação de professores. “O posicionamento institucional é o de manter o vestibular. Apesar do drama orçamentário em que vivemos, não há nenhuma justificativa para que a gente suspenda”, afirmou o reitor.

O vestibular da UFPR nunca deixou de ser realizado anualmente e as inscrições para a edição deste ano se encerraram nesta terça.

A universidade oferece aos estudantes 5.660 vagas para 129 cursos, sendo que 1298 seleções serão feitas pelo SiSU (Sistema de Seleção Unificado), que toma como base as notas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

A primeira fase do vestibular está marcada para o dia 27 de outubro, com as provas sendo aplicadas nos municípios de Curitiba, Jandaia do Sul, Matinhos, Palotina e Toledo. Para os estudantes que conseguirem passar para a segunda etapa os dias para a realização do concurso serão em 24 e 25 de novembro.

 

 

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal