Reitor da UFPR demite servidores acusados de desvio dinheiro de bolsas de pesquisa

Jordana Martinez


Redação com assessoria

Duas servidoras da Universidade Federal do Paraná (UFPR) foram demitidas por suspeita de envolvimento no desvio de recursos destinados ao auxílio à pesquisa na instituição.

O reitor da Universidade Federal do Paraná, Ricardo Marcelo Fonseca, acatou as recomendações da Comissão de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) encarregada de apurar o envolvimento de servidores no desvio e determinou a demissão das servidoras Conceição Abadia de Abreu Mendonça e Tania Márcia Catapan.

Conceição ocupava o cargo de chefe da Seção de Controle e Execução Orçamentária da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.  Já Tânia era a chefe da Secretaria Administrativa do Gabinete.

A assessoria informa ainda que a UFPR move uma ação de improbidade administrativa para ressarcir os valores desviados.

As servidoras são acusadas de fraudar documentos para liberar bolsas de pesquisa de forma indevida. Ao longo de três anos, as acusadas teriam gasto R$ 350 mil na compra de  joias.

Operação Research

O escândalo do desvio de recursos das bolsas de pesquisa na UFPR foi alvo da Operação Research, deflagrada na em fevereiro de 2017. As investigações apuraram o desvio de R$ 7,3 milhões entre 2013 e 2016.

Processo Administrativo

A conclusão da Comissão de Processo Administrativo Disciplinar foi publicada na edição desta quinta-feira (15) do Diário Oficial da União.

A Comissão de PAD concluiu que não há dúvidas sobre o desvio de recursos: “constam dos autos provas bastantes a demonstrar, acima de qualquer dúvida razoável”, diz o documento.

O reitor reforça que todos os servidores chamados a responder ao PAD tiveram assegurado o direito ao contraditório e à ampla defesa. “O processo foi conduzido de forma absolutamente rigorosa e regular e as conclusões da comissão são condizentes com as provas dos autos”, disse.

Segundo ele, a demissão encerra o processo na esfera administrativa, mas o caso prossegue na 11ª Vara da Justiça Federal em Curitiba.

 

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.