Renda familiar será critério para desempate no vestibular da UEM

Mariana Ohde

UEM - reitoria - cotas raciais - vestibular - PAS - estudantes - aprovados

A Comissão Central do Vestibular Unificado (CVU), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), adotou novos procedimentos para o Vestibular de Inverno 2016 que terá início no próximo domingo (17) e prosseguirá até terça-feira (19). A primeira mudança se refere ao desempate entre dois ou mais postulantes a um mesmo curso, turno e câmpus: a vaga será destinada ao candidato que tiver comprovado renda familiar inferior a dez salários mínimos ou o de menor renda, quando mais de um concorrente preencher o critério inicial.

No momento da inscrição para o vestibular, o candidato deve declarar a renda familiar, em salários mínimos. Os documentos comprovando o rendimento serão apresentados no ato da matrícula, caso haja empate. Em caso de informação falsa, o candidato está sujeito à perda da vaga.

Ao tomar esta decisão, a presidente da CVU, Maria Raquel Marçal Natali, levou em consideração a lei federal nº 13.184/2015, que incluiu um parágrafo no artigo 44 da lei nº 9.394/1996, tratando sobre casos de desempate em processos seletivos nas instituições de ensino superior públicas.

Mais informações estão disponíveis no site.

Organização

A CVU está cuidando dos últimos preparativos para o concurso que começa no domingo. Nesta segunda-feira (11) pela manhã tiveram início, no câmpus-sede, em Maringá, as reuniões com os fiscais de sala da primeira convocação. São servidores e membros da comunidade acadêmica que irão atuar como coordenadores de sede, fiscais de bloco e fiscais de sala/corredor.

Ao todo, serão realizadas, até o final da tarde, reuniões com fiscais femininos e masculinos, com ou sem experiência, para o repasse das instruções. Na quarta-feira (13), serão feitas reuniões com os fiscais chamados em segunda convocação.

No sábado, ocorrerão reuniões com os fiscais que irão trabalhar nas demais cidades que também receberão a aplicação das provas: Cianorte, Goioerê, Umuarama, Cidade Gaúcha, Apucarana, Campo Mourão, Paranavaí e Ivaiporã.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal