Representantes de academias se acorrentam em frente à Prefeitura de Curitiba

Redação


Nesta segunda-feira (20), representantes de academias de Curitiba se acorrentaram em frente à Prefeitura em uma manifestação pacífica. Segundo os organizadores, a medida foi tomada para chamar atenção das autoridades, já que a categoria está parada desde o início da pandemia.

“A gente não tem receita e tem despesa porque muitos proprietários de imóveis não querem aderir à isenção do aluguel, além de todos os impostos…por mais que eles falem que não tem que pagar, uma hora vamos ter que pagar. Então, quer dizer, estamos acumulando dividas sem ter nenhum tipo de receita”, disse um proprietário de academia para a Band TV Paraná.

Em junho, após uma conversa com representantes de academias, a Prefeitura de Curitiba recuou no decreto e permitiu o funcionamento das academias. Porém, dois dias depois, a categoria precisou fechar as portas novamente.

Na época, a ACAF Brasil, associação que representa as academias, se manifestou afirmando que os locais estão preparados para funcionar seguindo todos os protocolos de segurança necessários.

“As academias se prepararam para essa pandemia, compramos termômetros, colocamos tapetes com higienização, liberamos a entrada da catraca para não usar a digital..quer dizer, nós seguimos todos os protocolos e mesmo assim, os ônibus lotados…são dois pesos e duas medidas para diferentes setores e a gente precisa mostrar que isso está errado, precisam rever isso”, relatou um proprietário de academia em frente à Prefeitura.

O protesto segue até às 9h e a Guarda Municipal faz o policiamento.

Previous ArticleNext Article