Rodízio de água em Curitiba: veja a tabela atualizada até 30 de novembro

Redação

sanepar, crise hídrica, estiagem, falta de água, curitiba, região metropolitana, paraná, água, rodízio, tabela

A Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná) divulgou, nesta quinta-feira (19), a tabela atualizado do rodízio de abastecimento de água em Curitiba e região metropolitana até o dia 30 de novembro.

De acordo com a Sanepar, apesar das recentes chuvas, o nível médio dos reservatórios que compõem o SAIC (Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana) continua preocupante.

Nesta quinta-feira (19), o nível médio de água era de 29,46%%. Na quarta-feira da semana passada (11), o SAIC atingiu o nível mais baixo da história do monitoramento, com uma reservação média de 26,7%.

A Barragem do Iraí tem o pior indicador, e opera com apenas 18,90% da capacidade total. Posteriormente, aparecem Barragem Piraquara I (27,47%), Barragem Passaúna (36,54%) e Barragem Piraquara II (44,73%).

De acordo com a Sanepar, caso o nível médio do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana alcance 25%, o rodízio de água ficará mais duro.

Se isso acontecer, serão dois dias com as torneiras secas para cada dia com abastecimento normalizado. A campanha META20 estimula os consumidores a reduzir o consumo de água em, pelo menos, 20%.

Por isso, a Sanepar recomenda que moradores de Curitiba região metropolitana usem a água de forma racional e econômica. A prioridade deve ser a higiene e alimentação.

Lavagens de carros e calçadas, por exemplo, devem ser feitas com água de reuso.

Previous ArticleNext Article