Rodovias federais têm tráfego livre no Paraná; veja a situação atualizada dos atos

Redação

rodovias paraná manifestações ato caminhoneiros bolsonaro

Todas as rodovias federais do Paraná estão liberadas para tráfego livre após os atos de caminhoneiros em manifestação a favor do presidente Jair Bolsonaro no início da tarde desta quinta-feira (9), segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal). No entanto, 26 manifestações seguem em andamento nas estradas estaduais, duas previstas para esta tarde e outras duas encerradas.

Vale lembrar que Bolsonaro, por áudio, pediu que os caminhoneiros parem com os bloqueios por todo o País.

“Fala para os caminhoneiros aí, são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Então, dê um toque aí para os caras, se for possível… para liberar, para a gente seguir a normalidade”, disse o presidente.

No entanto, vários caminhoneiros duvidaram da veracidade do áudio. Mesmo com a confirmação feita pelo ministro Tarcísio Gomes de Freitas, nem todos foram desistentes da mobilização.

Diante desse cenário, vários pontos de atos e bloqueios perderam força, mas seguem presentes em rodovias no Paraná e em outros estados.

VEJA A SITUAÇÃO DAS RODOVIAS DO PARANÁ

PR-092, EM ALMIRANTE TAMANDARÉ

Cerca de 70 pessoas e 50 caminhões no quilômetro 21,5 desde às 10h da manhã. O grupo sem identificação está trancando a pista aos caminhões, exceto os que carregam alimentos, combustíveis e carga viva.

PR-092, em ARAPOTI

Bloqueio parcial, no sistema siga e pare, no quilômetro 215. Ato teve início às 07h30.

PR-090, EM ASSAÍ

Bloqueio parcial desde às 8h30 desta quarta (8). Estão parando os caminhões, veículos de passeio ou com carga viva ou perecíveis estão sendo liberados.

PR 445, EM CAMBÉ

Ato acontece desde às 8h50 de ontem (8) com cerca de de 300 pessoas e 180 caminhões no quilômetro 86, mas sem bloqueio.

PR-486, EM CASCAVEL

No trevo da CEASA, há bloqueio de caminhões e veículos de passeio são parados por cerca de 10 minutos e liberados. A manifestação acontece desde às 9h30.

PRC-280, EM CLEVELÂNDIA

Em frente ao Posto Cigarra, tem bloqueio total para os caminhões com cargas não perecíveis. Trânsito livre para veículos de passeio, cargas vivas, veículos de urgência e emergência.

PR-323, EM CRUZEIRO DO OESTE

O ato começou às 7h30, no quilômetro 270. Os caminhoneiros foram orientados pelos manifestantes que caminhões deve encostar nos postos de gasolina e acostamento.

Os caminhões estão permanecendo parados por aproximadamente 1h, sendo liberados posteriormente. Aqueles com carga perecível são liberados para descarregar no destino, assim como estão liberados quem está com carga de remédio. Veículos com gasolina e óleo não passam.

Carro baixo, ambulância, ônibus e vans passam normalmente. Veículos para casos de abastecer gerador de hospital, desde identificado será liberado, bem como veículos da Copel.

PR-180, EM FRANCISCO BELTRÃO

Manifestações desde às 21h desta quarta (8) estão impedindo a passagem e saída dos caminhoneiros, sendo permitida a passagem de automóveis, transporte coletivo, ambulância, além de caminhões com perecíveis, carga viva e transporte de rações.

O ato está no quilômetro 487,4 da PR-180, trevo de acesso à PR-475. No entanto, a cidade tem duas rodovias com tráfego afetado.

PR-566, EM FRANCISCO BELTRÃO

Ato com bloqueio parcial desde às 10h.

PR-180, EM GOIERÊ

Cerca de 50 pessoas e 10 veículos no quilômetro 217. Paralisação parcial (veículos pesados não sendo carga perecível). No trevo de Goioerê não há veículos parados sobre a pista. Veículos leves circulando livremente. Ato acontece desde às 17h de ontem.

PRC-466, EM GUARAPUAVA

Desde às 11h, há cerca de 50 pessoas no quilômetro 177. Caminhões parados, perecíveis e carga viva passam e automóveis ficam retidos 10 minutos após seguem viagem.

PR-412, EM GUARATUBA

Bloqueio da pista no quilômetro 27,7 desde às 13h para os caminhões, exceto os que carregam alimentos refrigerados, carga viva e oxigênio.

PRC-272, EM IPORÃ

Cerca de 45 veículos com bloqueio de caminhões. Ato acontece desde às 10h e tem previsão de término às 17h.

PR-546, EM ITAMBÉ

Cerca de 10 pessoas e 8 veículos desde às 19h de ontem. Paralisação total (veículos pesados), veículos leves liberado, trevo de Itambé (Cocari e Ferrarizagato) não há veículos parados sobre a pista. Veículos leves circulando livremente.

PR-151, em JAGUARIAÍVA

Apenas manifestação, sem interdição de pista, nos quilômetros 216 e 223.

PRC-466, EM JARDIM ALEGRE

Cerca de 50 pessoas e 50 veículos no quilômetro 100. Conforme informação dos organizadores, os caminhões parados serão liberados às 20h para seguirem viagem. Sendo que nos dias subsequentes as manifestações se darão da mesma forma. Início foi às 08h e a previsão de término é às 20h.

PR-459, EM MANGUEIRINHA

Cerca de 40 pessoas e 30 veículos desde às 10h40. Liberação e bloqueio do trânsito a cada 10 minutos.

PRC-466, EM MANOEL RIBAS

Cerca de 200 veículos. Manifestação pacífica com bloqueio apenas de caminhões, exceto carga viva e perecíveis. Automóveis circulam normalmente.

PRC-280, EM MARIÓPOLIS

Cerca de 40 pessoas e 25 veículos no quilômetro 194 desde às 9h30.

PR-280, EM MARMELEIRO

Cerca de 20 pessoas no quilômetro 255 (trevo da Volvo). Trânsito livre para veículos de passeio, cargas vivas, veículos de urgência e emergência. Trânsito bloqueado para veículos carregados com cargas não perecíveis e descarregados (de 15 em 15 minutos).

PR-420, EM PIÊN

No quilômetro 33 (entroncamento com a PR-281), há bloqueio de caminhões em uma das rodovias impactadas nos atos. Veículos de passeio, motocicletas, ônibus e caminhões com produtos essenciais podem passar.

PR-281, EM PIÊN

No km 26-27, há cerca de 15 pessoas e 5 caminhões. Região tem bloqueio parcial de caminhões. Veículos de passeio e motocicletas em sistema pare e siga de 1h em 1h.

PR 170, EM PINHÃO

Cerca de 65 veículos no km 426. Bloqueio apenas de caminhões, exceto carga viva e perecíveis. Automóveis circulam normalmente.

PRC-466, EM PITANGA

Cerca de 120 veículos no km 177 (Posto Pitangão). Bloqueio de caminhões, exceto carga viva e perecíveis. Automóveis circulam normalmente.

PR-473, EM QUEDAS DO IGUAÇU

Trânsito liberado de forma pacífica. O ato começou às 13h de ontem.

PR-182, EM REALEZA

Bloqueio parcial (somente caminhões) no km 484 (Trevo de Realeza).

PR 151, EM RIBEIRÃO CLARO

Cerca de 22 pessoas e 11 veículos. Paralisação de forma voluntária no km 11.

PR-170, EM ROLÂNDIA

Cerca de 70 pessoas e 40 veículos no km 79. Sem bloqueio. Permanece quem quiser.

PR 471, EM SALTO DO LONTRA 

Passagem somente de automóveis e caminhões com carga perecível, viva e veículos de emergência no km 228.

PR 317, EM TOLEDO

Cerca de 50 veículos e 150 pessoas no km 332 (entrada da cidade).

PR-484, EM TRÊS BARRAS DO PARANÁ

Cerca de 18 veículos. O trânsito no local liberado para veículos de passeio, caminhões com carga viva, carga de frios, ônibus e veículos de emergência.

PR 585, EM VERA CRUZ DO OESTE

Aproximadamente 100 pessoas e 50 veículos no km 0 (início da rodovia). O trânsito no local liberado para veículos de passeio, caminhões com carga viva, carga de frios (liberado a cada 2 horas), ônibus e veículos de emergência.

PR 092, EM WENCESLAU BRAZ 

Cerca de 250 pessoas e 100 veículos no km 253,8. Pista fechada com máquinas agrícolas e terra na pista. Passando apenas veículo baixos, veículos de emergência e cargas perecíveis.

RODOVIAS FEDERAIS DO PARANÁ VOLTAM A TER FLUXO LIBERADO

Conforme a PRF, o último ponto de retenção neste momento foi no quilômetro 466 da BR-153, em Porto Vitória, para veículos de carga. Com a situação resolvida, o tráfego está normalizado em todas as regiões do Paraná.

Estão com fluxo liberado:

  • BR-116
  • BR-153
  • BR-277
  • BR-369
  • BR-373
  • BR-376
  • BR-469
  • BR-476

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="788814" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]